Atentado em pista de motocross mata diretor de universidade e colega

Dois homens morreram após sofrerem atentado a tiros, no começo da noite desta quarta-feira, dia 27 de março, em uma pista de motocross de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

Sandro Arredondo era diretor de uma universidade de medicina na fronteira. – Crédito: (Divulgação)

Um dos mortos é Sandro Arredondo, que era diretor de uma universidade de medicina na fronteira. A outra vítima foi identificada como Fernando Olmedo. As informações iniciais são de que o alvo do atentado era apenas Fernando.

Os dois assistiam a corrida dos filhos quando foram surpreendidos pelos atiradores, conforme o site Capitan Bado. Mesmo ferido, Fernando teria conseguido ir dirigindo até uma clínica particular da cidade e, por pouco não atingiu a fachada da unidade de saúde.

A clínica é a mesma para onde Sandro também foi encaminhado, por policiais. Assustados, moradores na vizinhança da pista gravaram em áudios no celular o som da rajada de tiros, possivelmente, disparados de armas de grosso calibre. Ainda não há informação sobre prisões.

Comentários