Assaltantes são mortos na madrugada durante confronto com o Choque

Rafael Silvestre da Cruz, de 25 anos, e Hernandes Dias da Silva, de 21, suspeitos de roubo, foram mortos durante confronto com policiais do Batalhão de Choque da PM durante a madrugada de hoje (14) no bairro Vida Nova, zona norte de Campo Grande.

14chouqe

De acordo com a Polícia Civil, por volta das 23h30 os dois assaltantes invadiram uma tabacaria no bairro Nova Lima , renderam o casal de proprietários e levaram um aparelho de narguilé, televisor, lavadora de alta pressão e aproximadamente R$ 500.

As vítimas são um homem de 28 anos e a mulher, de 35. Ela é proprietária da tabacaria localizada na rua Zulmira Borba e disse que estava no local com o marido quando foram rendidos pelos assaltantes.

Muito agressivos, eles trancaram o casal no banheiro e os ameaçaram de morte. Após o roubo, eles fugiram levando um veículo Gol, de cor branca, placas OOH-7505, de Campo Grande (MS).

Depois do crime, o casal conseguiu quebrar a porta e acionar a polícia. Por volta da 1 hora, policiais do Batalhão de Choque avistaram o Gol roubado no Jardim Noroeste. Foi feito sinal para o motorista parar, mas ele não obedeceu e fugiu.

Os militares desferiram um tiro de advertência no pneu que rodou e o condutor foi obrigado a parar. Ele disse que não havia participado do roubo e indicou o endereço, no Bairro Vida Nova, dos dois comparsas, Rafael e Hernandes, que havia feito o casal refém.

Na residência, os policiais contaram que foram recebidos a tiros e revidaram. Os dois foram baleados e já chegaram mortos à Santa Casa.

Em pouco mais de 20 dias, oito pessoas apontadas como criminosas foram mortas em conflitos com policiais em Campo Grande.

Comentários

comentários