Às vésperas de enfrentar o PSG, Balotelli lamenta suspensão de Neymar

Gazeta Esportiva.com

A expulsão de Neymar diante do Olympique de Marseille gerou uma grande frustração por parte de Mario Balotelli. Pelo menos é o que diz o italiano, em entrevista ao jornal Nice-Matin, ao comentar o jogo entre Paris Saint-Germain e Nice, nesta sexta-feira, pelo Campeonato Francês. Seria o primeiro encontro entre os dois nesta temporada.

“Eu queria muito jogar contra ele. Preferiria que ele estivesse em campo”, afirmou o atacante. “às vezes nos falamos, ele é um grande fenômeno do futebol”, completou.

Balotelli admitiu ter ficado frustrado com a ausência de Neymar no jogo desta sexta (Foto: Valery Hache/AFP)

Sobre a publicação que fez em manifestação à disputa interna entre Neymar e Cavani em função de cobranças de falta e pênalti, “Super Mario” assegurou que tudo não passou de uma brincadeira. “foi só uma piada. As pessoas levam o que eu escrevo muito a sério. Isso foi só para dizer que, se eu jogasse com ele, as faltas seriam dele. Eu não tenho nada contra Cavani, ele também é bom nas bolas paradas. Até fez um gol assim contra o Marselha”, disse, com relação à frase “Neymar não deveria nem ter que pedir para bater os pênaltis”, escrita por ele após o surgimento da polêmica.

Questionado a respeito das críticas que vem recebendo de torcedores e da imprensa francesa, Balotelli admite manter a tranquilidade, reconhecendo que trata-se de uma característica comum ao futebol. “Às vezes as coisas não acontecem como o imaginado. O que me incomoda são as críticas a nível pessoal, no plano humano. As direcionadas a futebol não me afetam. Não gosto dos críticos, mas os aceito. Fazem parte do meu trabalho. Se não aceitá-los, deveria trocar de esporte, ou mesmo de emprego”, opinou o atacante, dono de cinco gols nas 10 primeiras rodadas da Ligue 1.

Comentários