Artista plástica de MS Leonor Lage não resiste ao câncer

Lúcio Borges

Contudo, ela foi trazida para Campo Grande, onde será sepultado, em sua cidade/Estado natal. O velório acontece na Paz Universo na 13 de Maio em frente à Santa Casa e o sepultamento está marcado para às 16 horas deste sábado, 1º de dezxembro, no Parque das Primaveras.
Leonor Lage, como assinava e era mais conhecida era formada em Direito, e natural de Ribas do Ribas do Rio Pardo. Era casada há 47 anos com o engenheiro civil aposentado, Cleomenes Baís Lage. A artista deixa marido, quatro filhos, uma neta e dois netos.  Veja um pouco do legado da artista aqui.

Artista plástica da geração do Salão de Artes do MS de 1980, e professora de artes, Leonor é considerada uma das pioneiras no Brasil em lecionar artes plásticas para portadores de necessidades especiais. Já nos últimos anos, de acordo com André Lage, filho da artista, a mãe dedicava-se às atividades de restauração de artes.

Leonor também foi responsável pelo “Sarau Poético e Musical” de 1996 a 2001, no atelier que leva seu nome, na Avenida Mato Grosso em Campo Grande. “Realizamos diversas exposições coletivas, lançamentos de livros, diversos leilões de artes com os leiloeiros oficiais. O Atelier Leonor Lage foi um dos principais espaços de produção e difusão artísticas do Estado. A Leonor chegou a ter quase 200 alunos de pintura, desenho e escultura num determinado período”, lembra André.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui