Arthur Zanetti decepciona e não vai à final no Mundial

Principal nome da ginástica artística brasileira e um dos melhores nas argolas, Arthur Zanetti perdeu a chance de conquistar o bicampeonato mundial nesta segunda-feira. Ultrapassado pelos seus adversários e sem conquistar uma pontuação suficiente para avançar à final, o brasileiro acabou sucumbindo na Escócia.

Zanetti não conseguiu dar sequência aos bons resultados  (Foto: Divulgação/CBG)
Zanetti não conseguiu dar sequência aos bons resultados (Foto: Divulgação/CBG)

Disputando o mundial de Glasgow, Zanetti somou 15,433 pontos, mas viu Eleftherio Petrounias, da Grécia, e os chineses Yang Liu e Hao You garantirem melhores resultados. Já nesta segunda-feira, foi a vez do francês Samir Ait Said alcançar uma maior pontuação, além de Davtyan Vahagn, da Armênia, do holandês Lambertur Van Gelder e dos norte-americanos Donnell Whittenburg e Brandon Wynn.

Arthur Zanetti havia vencido o Mundial da Antuérpia em 2013 e conquistou o vice em Tóquio, em 2011, e em Nanning, em 2014. Neste ano o brasileiro conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, confirmando sua supremacia na modalidade. Entretanto, próximo de terminar o ano, o ginasta acabou somando um ruim resultado que coloca em xeque suas condições para o ano da Olimpíada do Rio de Janeiro.

GAZETA ESPORTIVA

Comentários

comentários