Armas e munições de uso restrito são apreendidos em comércio

Da Redação/JN

Diversas armas, munições – entre eles de uso restrito -, pneus e medicamentos proibidos no Brasil, foram apreendidos na quinta-feira (19), em um comércio do distrito de Presidente Castelo Branco, em Deodápolis, a 245 quilômetros de Campo Grande.

Armas, munições, pneus e medicamentos apreendidos pelo DOF em MS (Foto: DOF/Divulgação)

O Departamento de Operações da Fronteira (DOF) recebeu denúncia sobre venda de munições e armas, foi ao local e lá encontrou os materiais de acordo com as informações recebidas. O dono, de 53 anos, confessou aos policiais que comprava os produtos no Paraguai para revender ali e foi preso.

Conforme o DOF, foram apreendidas quatro espingardas; uma pistola; 600 pacotes de cigarros; 132 pneus de vários tamanho e marcas, sendo 42 de motocicletas; 26 cartelas de comprimidos de venda proibida no Brasil e 919 munições de vários calibres, inclusive de 9mm, que é de uso restrito.

O comerciante não estava no local quando os policiais chegaram. A irmã dele estava lá, o avisou sobre a presença dos militares e ele compareceu com a presença de advogado. Ele disse ainda ao DOF que vendia armas e munições para caçadores da região.

O caso foi encaminhado à Polícia Federal, em Dourados, e o homem preso por tráfico internacional de armas.

Comentários