Zeca aposta no histórico político para ser eleito ao Senado: ‘Experiência suficiente para contribuir’

Michael Franco

Zeca do PT nos estúdios da Capital 95 FM (Foto: Michael Franco)

A rodada de entrevistas com os candidatos ao Senado, realizada pelo programa Tribuna Livre da rádio Capital 95 FM em parceria com o site Página Brazil, recebeu nesta segunda-feira (01), Zeca do PT. Para ele a vida e histórico político, passando por vários cargos são fatores que o credenciam para ocupar uma cadeira no Senado.

“Eu acho que me capacitei. Experiência suficiente para contribuir em uma hora delicada de crise econômica  imposta pelo golpe. Quero ajudar a enterrar todo esse estrume de medidas tomadas pelos golpistas para entregar o patrimônio nacional. Anular a reforma trabalhista, que rasgou a CLT construída por Getúlio há 80 anos”.

Outra questão que o candidato pretende defender caso eleito, é a Reforma Tributária. Segundo Zeca do PT, os mais ricos também devem ser taxados. “No Brasil quem paga imposto é pobre. Quanto mais pobre, mais penalizado com o tal do ICMS que tributa ao consumo. Então um quilo de arroz para uma pessoa que ganha salário mínimo, é pesado […] Fernando Henrique, quando presidente, isentou de tributação do imposto de renda, ganhos de capital”.

Zeca do PT comentou também sobre a questão emblemática da Segurança Pública na faixa de fronteira. Ele afirmou que a medida imediata é fazer o uso do exército na região. “Temos que botar o exército brasileiro, quantos mil homens o exército tem aqui fazendo nada. Eu quero fazer esse debate no Congresso Nacional, vamos aproveitar o preparo das nossas forças armadas ao invés de gastar dois bilhões  no Rio de Janeiro para procurar o narcotráfico”.

Confira tudo o que foi dito pelo candidato Zeca do PT na entrevista completa:

 

 

Comentários