Após um mês foragido, homem que matou mulher em frente aos filhos se entrega à polícia

A Polícia Civil prendeu no último sábado (24), em Rio Verde, Valdemir Almeida de Araújo, 27 anos. Ele é acusado de matar a mulher com quatro tiros na frente dos filhos.

Autor de feminicídio foi preso em Rio Verde. Foto: Ivan Silva
Autor de feminicídio foi preso em Rio Verde. Foto: Ivan Silva

O crime ocorreu no dia 24 de setembro, no Jardim Sayonara, em Campo Grande. Izabel de Oliveira Almeida, 40 anos, foi morta com quatro tiros de revólver calibre 38 após uma discussão com o marido. O caso aconteceu na casa do casal e, no momento do assassinato, os três filhos do casal de 4, 7 e 10 anos estavam no local, sendo que a mais velha presenciou o feminicídio.

dleegadas

De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam), Rosely Molina, o acusado se entregou após um mês foragido. “Nossas equipes já haviam realizado várias diligências para encontrá-lo, inclusive conversamos com familiares da vítima e vizinhos que ajudaram nas investigações. Como viu que logo seria encontrado, ele acabou se entregando”, relatou Molina.

Segundo a delegada Franciele Candotti, responsável pelas investigações, Valdemir contou em depoimento que matou a mulher após uma discussão, porém não disse o motivo da briga. “Ele também disse que havia ingerido bebida alcoólica, mas isso não justificava o feminicídio”, contou a delegada. Segundo vizinhos, brigas entre o casal eram frequentes.

Valdemir já possui passagem pela polícia por furto, desacato e ameaça. Apesar de sofrer violência do marido, Izabel não nunca chegou a registrar nenhum boletim de ocorrência contra o suspeito. Até o momento a arma utilizada no crime não foi localizada.

Somente neste ano, a Deam já atendeu 16.423 mulheres vítimas de violência doméstica. No Brasil, 52% dos casos de violência contra à mulher termina em morte.

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários