Após treino fechado, Verdão quer ser protagonista em estreia no Uruguai

O Palmeiras desembarcou nesta manhã no Uruguai e realizou treino durante a noite sem a presença da imprensa no estádio Domingo Burgueño Miguel, sede da estreia do time na Copa Libertadores da América, nesta terça-feira, diante do River Plate uruguaio. Escolhido para conceder entrevista coletiva, o atacante Lucas Barrios definiu a intenção do time: comprovar o favoritismo e somar três pontos, mesmo fora de casa.

O atacante Lucas Barrios (Foto: Gazeta Esportiva )
O atacante Lucas Barrios (Foto: Gazeta Esportiva )

 

“Esperamos mostrar todo esse favoritismo que dizem em campo. Sabemos que o River pode complicar, como complicou para a Universidad do Chile. Respeitamos o River, como vamos respeitar Nacional e Rosario Central. Historicamente, são equipes fortes. Nesta fase de grupos,qualquer um pode ganhar e temos de ficar muito atentos”, comentou Barrios.

O argentino, naturalizado paraguaio, citou os outros componentes do grupo 2 da Libertadores. Por conta do show da banda britânica Rolling Stones nesta terça-feira, em Montevidéu, o Verdão enfrentará o River Plate uruguaio na cidade de Maldonado. Mas o treino no estádio Domingo Burgueño Miguel, palco da partida em Maldonado, provou que o time deve ter dificuldades diante do rival que eliminou a Universidad de Chile em fase preliminar.

“É uma equipe que sai bem no contra-ataque. Precisamos estar compactos para não dar espaço”, indicou Lucas Barrios, baseando-se na eliminação imposta pelo River uruguaio diante do time chileno – vitória por 2 a 0 no Uruguai e empate sem gol em Santiago – para esperar dificuldades nesta terça-feira.

“O campo está bom, e temos de fazer o nosso jogo, buscar uma vitória e voltar para casa com três pontos. Sabemos que será uma partida difícil, o River Plate surpreendeu a Universidad do Chile e hoje o futebol mudou muito, é físico. Queremos que isso não aconteça. Vamos tratar de ser fortes e buscar ser protagonistas”, comentou Barrios.

Apesar de não vencer há três jogos e ter perdido para o Linense com seus reservas, pelo Campeonato Paulista, no Palestra Itália no último sábado, Marcelo Oliveira tende a repetir a escalação campeã do Copa do Brasil há dois meses. A exceção é o zagueiro Edu Dracena, que seria o substituto de Jackson, hoje no Inter, e ainda não se recuperou de lesão muscular e deve ser substituído por Roger Carvalho nesta terça-feira. (Gazeta Esportiva)

Comentários

comentários