Após prisão, Eike vira youtuber e dá dicas de investimentos

Verso da Página

Eiki Batista que já foi o homem mais rico do Brasil e queria chegar ao posto de mais rico do mundo, foi preso e teve bens bloqueados, tem que se contentar com um canal no YouTube.  O ex-empresário agora é youtuber.

O dono do conglomerado X (todas as suas empresas terminam com essa letra) abriu um canal na plataforma de vídeos para falar sobre economia, investimentos e negócios. Ele pretende publicar semanalmente e abordar questões nacionais e do Rio de Janeiro. Batista promete muitas “surpresas”.

Até agora, o canal tem dois vídeos e 9.400 inscritos. No primeiro, há um resumo em pouco menos de 3 minutos da sua biografia — o vídeo omite a prisão.

No segundo, ele trata de oportunidades de negócios relacionados à exploração do petróleo, um segmento que ele já tentou explorar, mas que não se deu bem.

A produção do segundo vídeo é fraca, em determinado momento a tela fica toda escura enquanto ele continua a falar. Ele titubeia em alguns trechos, mas consegue levar até o fim sem maiores problemas.

Comentários