Após crime, assassino posta no Facebook: ‘Acabo de matar alguém’

Um americano acusado de matar um homem a tiros durante uma briga doméstica neste domingo postou sobre o assassinato no Facebook: “Acabo de matar alguém”. Anthony Curtis Macneill, de 32 anos, está sendo procurado pela morte de Eugene Racine, avô materno de sua filha em Cumberland, no Estado da Carolina do Norte.

Em outras publicações na rede social, o assassino avisa que prefere se matar a se entregar. “Eu meio que sempre soube que não viveria até os 35 anos”, escreveu ontem Macneill no Facebook.

mundo-jovem-confessa-assassinato-estados-unidos

Na manhã do domingo, a polícia de Cumberland recebeu um chamado de briga doméstica, em que uma pessoa havia sido baleada. Quando chegaram, foram informados que Anthony Macneill teria assassinado Racine.

O pai da vítima, Francis Racine, contou à rede americana ABC que Macneill estava procurando por sua neta Cindy, com quem o criminoso tem uma filha recém-nascida, no dia do assassinato – Cindy é filha de Eugene Racine. Segundo Francis, a família entrou com um pedido de uma ordem de restrição nos últimos dias para mantê-lo afastado de Cindy.

Nas publicações no Facebook após o assassinato, Macneill também parece ameaçar a mãe de sua filha. “Você pode não acreditar em Deus, mas acho que quem quer que esteja no comando poupou sua vida hoje.”

Amigos de Macneill deixam mensagens em seu perfil com pedidos para que desista de se suicidar e se entregue à polícia.

Veja

Comentários

comentários