Após ameaça de bomba, CNI evacua sede em Brasília

Uma ameaça de bomba à sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília, mobilizou hoje (14) 23 homens do Corpo de Bombeiros e 30 da Polícia Militar, entre eles do Esquadrão Anti-Bomba, além de cães farejadores.

bomba

Por volta das 11h30, um funcionário da CNI recebeu um telefonema anônimo de uma pessoa que dizia haver três artefatos explosivos no prédio, sem especificar a localização. O prédio da CNI, entidade que representa a indústria, tem 17 andares e, nele, funcionam ainda o Serviço Social da Indústria (Sesi), o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e parte do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O edifício está localizado no Setor Comercial Norte, área central de Brasília, a poucos metros da Rodoviária do Plano Piloto, principal terminal da capital.

No momento da ligação, de 600 a 700 funcionários do sistema CNI estavam no prédio. Todos foram retirados para a ação do Esquadrão Anti-Bomba.

O trabalho ainda não terminou e, de acordo com o tenente Santos, policial militar que está coordenando a ação de busca, é possível que ainda entre pela tarde.

A CNI representa 27 federações de indústrias e 1.250 sindicatos patronais, aos quais são filiadas quase 700 mil indústrias.

Agência Brasil

Comentários

comentários