Aplicativo facilita vida do trabalhador que busca por emprego

Da Redação/JP

Divulgação

O Ministério do Trabalho disponibiliza o aplicativo “Sine Fácil”, para que o trabalhador acesse alguns dos serviços oferecidos por meio da Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o diretor-presidente da Funtrab, Wilton Acosta, essa ferramenta é um avanço que serve para ajudar o trabalhador. “Essa tecnologia é uma forma moderna e acessível. Pelo celular o trabalhador poderá ter acesso aos serviços essenciais da Funtrab. Se houver dúvidas de como baixar ou sobre a geração do código “QR Code”, o trabalhador pode vir aqui na Fundação, que os servidores ajudam no que for preciso”, declarou.

No aplicativo o trabalhador pode consultar o benefício do seguro-desemprego e obter informações sobre parcelas, notificações, recursos e vínculos. Também é possível verificar se há vagas disponíveis, poderá agendar a entrevista com o empregador, e o aplicativo gera uma carta de encaminhamento com data e horário pré-agendado.

E ainda consultar abono salarial, o PIS e o calendário de pagamentos e se o trabalhador tem direito ao benefício ou não. Pode consultar os contratos de trabalho cadastrados do trabalhador. Com informações como vínculos empregatícios, tempo de trabalho e data de admissão e demissão.

A trabalhadora Cláudia dos Anjos Moraes, procurou a Funtrab em busca de uma vaga de operadora de caixa, e gostou do aplicativo, “é mais fácil o uso pelo celular para buscar emprego, vou atualizar meu cadastro aqui e pegar o código para acompanhar as vagas”, declarou Moares.

O aplicativo “Sine Fácil” está disponível gratuitamente, somente para aparelhos com o sistema operacional “Android”. Para baixar é simples, basta entrar no “Play Store” e fazer o download. Depois de instalado no aparelho é preciso um código de acesso, o “QR Code”, que poderá ser obtido por meio do Portal Emprega Brasil ou na Funtrab.

Emprega Brasil

O Portal Emprega Brasil é uma ferramenta criada para auxiliar o trabalhador na busca por emprego, seguro-desemprego, abono salarial e cursos de qualificação profissional, e para o empregador disponibilizar vagas e enviar o requerimento do seguro-desemprego.

Comentários