Aos 15 anos, Gauff ganha mais um jogo e segue imbatível em Wimbledon

Gazeta Esportiva.com

Cori Gauff continua fazendo história na grama de Wimbledon. A jovem de apenas 15 anos já havia impressionado ao bater Venus Williams na estreia do Grand Slam e, nesta sexta-feira, disputando uma vaga para as oitavas do torneio com a eslovena Polona Hercog, a americana virou um jogo de forma espetacular e escreveu mais um capítulo incrível desta campanha. A vitória veio em três sets, com parciais de 3/6, 7/5 (9-7) e 7/5, em 2h45 de jogo.

A americana de 15 anos está entre as 16 melhores tenistas do mais tradicional Grand Slam do tênis. Em um jogo tenso, Gauff salvou dois match points no segundo set e tirou a diferença de 5/2 para levar a disputa para o set final. Em um jogo mental duríssimo, as duas tenistas se superaram em diversos momentos de desvantagem e fizeram uma grande partida na quadra central de Wimbledon. A próxima adversária da sensação do torneio é nada menos que Simona Halep, ex-número 1 do mundo.

Gauff venceu jogo após virada incrível (Foto: Daniel LEAL-OLIVAS / AFP)

O jogo começou equilibrado, com ambas as tenistas confirmando seus serviços. Foi só no sétimo game que Hercog conseguiu a quebra e a vantagem, confirmando em seguida e abrindo 5/2. A eslovena ainda conseguiu bater de novo o saque da jovem adversária para fechar o primeiro set.

Na segunda etapa, Hercog com mais confiança logo conseguiu abrir 3/0 e parecia caminhar para uma vitória sem muita resistência. Gauff chegou a confirmar seu saque, mas viu a adversária sacar para o jogo com 5/2. Foi quando uma incrível reação da americana começou, quebrando e confirmando seu serviço para empatar a parcial e forçando a disputa do tie-break.

Com os nervos à flor da pele de ambas as tenistas, o clima de nervosismo pairava na quadra e cada ponto do tie-break era super calculado. Com a confiança abalada, Hercog não tinha coragem de ousar e forçava erros de Gauff. No entanto, foi a ousadia da jovem que a levou à vitória e ao improvável empate.

O set decisivo começou com Gauff aproveitando a moral de conseguir igualar o marcador. Com a confiança em alta, a americana ia dominando a adversária e chegou a abrir 4/1. Mas o que parecia, mais uma vez no jogo, caminhar para um vitória tranquila da tenista que liderava o set, se transformou em mais um set tenso. Ponto a ponto, Hercog foi se recuperando e mostrando reação. A eslovena chegou ao empate após duas quebras e a partir daí o equilíbrio voltou à quadra.

Com a tensão em alta, as tenistas mostravam-se travadas em alguns pontos. Ainda assim, Gauff foi mais ousada, como no segundo set, e forçou erros de Hercog, que cedeu e não foi capaz de forçar mais games.

Comentários