Obra na Euler de Azevedo poderá solucionar os problemas de escoamento na região

Secretário durante visita às obras da avenida (Foto: Moisés Silva/Divulgação)

O secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, destacou a agilidade das obras de revitalização da Avenida Euler de Azevedo, em Campo Grande, durante visita na manhã desta segunda-feira (23).

De acordo com Miglioli, a obra de drenagem está praticamente pronta. Apenas um complemento de drenagem deve ser realizado, por conta de uma alteração no projeto. “As pessoas têm reclamado e acham que a obra não está andando, mas a drenagem é a parte essencial do projeto e infelizmente uma parte que ninguém vê”, disse durante a visita.

Ainda conforme o secretário, a obra será a solução dos problemas de escoamento na região.  A grande novidade do projeto de readequação da Avenida Euler de Azevedo é a reconstrução da capa asfáltica.

“Num primeiro momento a ideia era utilizar essa capa asfáltica e trabalhar em cima dela, mas nossa equipe de laboratório constatou que seria temeroso fazer isso, então nós vamos retrabalhar a base e fazer um capa nova, retirando essa capa existente”, finalizou.

Investimento

Para sua readequação, a avenida recebe investimentos de R$ 14,7 milhões.  A obra foi dividida em dois lotes: o rural e o urbano. O urbano segue do entroncamento da Avenida Presidente Vargas até a Cepaer; o segundo da Cepaer ate o entroncamento da MS-080 na saída para Rochedo.

Ao todo serão revitalizados 4,5 quilômetros, que além de serem duplicados contarão com ciclovia.

A ordem de serviço da revitalização foi assinada no final de julho de 2016 e previsão de entregue é para o final de julho de 2017.

Comentários