Anvisa proíbe Viagra Master e Lavita Caps

Da Redação/JN

A Anvisa decretou a proibição dos medicamentos Viagra Master e o Lavita Caps, ambos sem registro. Segundo o órgão, os produtos eram comercializados com alegações terapêuticas de forma indevida. A medida foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (11).

O Viagra Master, da empresa Bio Bonté Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda, era vendido pela internet com propagandas como: “auxilia na prevenção e combate da impotência”, “aumenta o desejo sexual”, “aumento de fertilidade”, dentre outras.

Da mesma forma, o Lavita Caps, de fabricante desconhecido, fazia publicidade alegando benefícios, como: “previne doenças cardíacas”, “melhora a memória e a capacidade de aprendizagem”, “combate a depressão, stress, enxaqueca e ansiedade”.

Os produtos foram proibidos e não podem ser fabricados, distribuídos ou comercializados em todo o território nacional. As propagandas indevidas, por sua vez, também estão suspensas.

Comentários