Animação brasileira O Menino e o Mundo concorre ao Oscar 2016; confira indicados

o-menino-e-o-mundoO filme de animação brasileiro O Menino e o Mundo, do diretor paulista Alê Abreu, vai representar o Brasil no Oscar 2016. Em cerimônia realizada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, o longa-metragem foi anunciado entre os indicados, ao lado das animaçõesAnomalisa, Divertida Mente (Inside Out), Shaun, O Carneiro (Shaun the Sheep Movie) e Quando Marnie estava lá (When Marnie was there).

O Menino e o Mundo conta a história de um garoto que mora com o pai e a mãe, em uma pequena casa no campo. O pai abandona o lar e parte para a cidade grande em busca de trabalho e o menino, triste e desnorteado, faz as malas, pega o trem e vai descobrir o novo mundo em que seu pai mora. O filme mostra, pelos olhos da criança, uma sociedade marcada pela pobreza, exploração de trabalhadores e falta de perspectivas.

O diretor Alê Abreu tem 44 anos e estreou no cinema com a animação Garoto Cósmico, lançada em 2007. O filme O Menino e o Mundo venceu, em 2014, o Festival Inernacional de Animação de Annecy, na França, um dos mais tradicionais festivais dedicados ao gênero. Ao ser indicado ao Oscar 2016, o longa desbancou filmes como O Bom Dinossauro, Home e Minions.

Indicados 2016

A cerimônia do Oscar 2016 será realizada no dia 28 de fevereiro, no Teatro Dolby, em Los Angeles, Califórnia, e terá como apresentador o comediante Chris Rock. O drama O Regresso,protagonizado por Leonardo DiCaprio (indicado na categoria de Melhor ator), é o líder de indicações, concorrendo a 12 estatuetas. O filme foi o grande vencedor do prêmio Globo de Ouro, realizado no último domingo (10), e é dirigido por Alejandro G. Iñárritu, que na edição de 2015 do Oscar venceu com o filme Birdman.

São destaque também os filmes Mad Max: Estrada da fúria, que concorre em 10 categorias, ePerdido em Marte que conseguiu sete indicações. A cerimônia premia poduções em 24 categorias. Confira as principais:

Melhor filme

“A grande aposta”
“Ponte dos espiões”
“Brooklyn”
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“O quarto de Jack”
“Spotlight”

Melhor ator

Bryan Cranston (“Trumbo”)
Matt Damon (“Perdido em marte”)
Leonardo DiCaprio (“O regresso”)
Michael Fassbender (“Steve Jobs”)
Eddie Redmayne (“A garota dinamarquesa”)

Melhor atriz

Cate Blanchett (“Carol”)
Brie Larson (“O quarto de Jack”)
Jennifer Lawrence (“Joy”)
Charlotte Rampling (“45 anos”)
Saoirse Ronan (“Brooklyn”)

Melhor diretor

Alejandro G. Iñarritu (“O regresso”)
Tom McCarthy (“Spotlight”)
George Miller (“Mad Max: A estrada da fúria”)
Adam McKay (“A grande aposta”)
Lenny Abrahamson (“O quarto de Jack”)

Melhor animação

“Anomalisa”
“O menino e o mundo”
“Divertida mente”
“Shaun, o carneiro”
“Quando estou com Marnie”

Melhor filme estrangeiro

“Embrace of the Serpent” (Colômbia)
“Cinco graças” (França)
“O filho de Saul” (Hungria)
“Theeb” (Jordânia)
“A war” (Dinamarca)

Melhor fotografia

“Carol”
“Os oito odiados”
“Mad Max”
“O regresso”
“Sicario”

Melhor figurino

“Carol”
“Cinderela”
“A garota dinamarquesa”
“Mad Max”
“O regresso”

Melhores efeitos visuais

“Ex Machina”
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Star Wars”

Melhor montagem

“A grande aposta”
“Mad Max”
“O regresso”
“Spotlight”
“Star Wars”

Melhor atriz coadjuvante

Jennifer Jason Leigh
Rooney Mara
Rachel McAdams
Alicia Vikander
Kate Winslet

Melhor ator coadjuvante

Christian Bale
Tom Hardy
Mark Ruffalo
Mark Rylance
Sylvester Stallone

Melhor curta de animação

“Bear Story”
“Prologue”
“Sanjay’s Super Team”
“We can’t live without Cosmos”
“World of tomorrow”

Melhor curta de live action

“Ave Maria”
“Day one”
“Everything will be okay (Alles Wird Gut)”
“Shok”
“Stutterer”

Melhor cabelo e maquiagem

“Mad Max”
“The 100-year-old man who climbed out the window and disappeared”
“O regresso”

Melhor documentário

“Amy”
“Cartel Land”
“The look of silence”
“What happened, Miss Simone?”
“Winter on fire: Ukraine’s Fight for Freedom”

Melhor documentário de curta-metragem

“Body team 12”
“Chau, beyond the lines”
“Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah”
“A Girl in the River: The Price of forgiveness”
“Last day of freedom”

Melhor canção original

“Earned it” (“Cinquenta tons de cinza”)
“Manta Ray” (“Racing extinction”)
“Simple song #3” (“Youth”)
“Writing’s on the wall” (“007 contra Spectre”)
“Til it happens to you” (“The hunting ground”)

Comentários

comentários