Andrés Sanchez vê pedido alto de Guerrero: “Que vá para o Palmeiras”

Guerrero Corinthians Foto Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Guerrero Corinthians Foto Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Os valores pedidos por Paolo Guerrero para renovar o contrato com o Corinthians são considerados muito altos. A opinião é do ex-presidente e atual superintendente de futebol do Timão, Andrés Sanchez. Em participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, o ex-mandatário citou até o maior rival do time de Itaquera.

– Se for com o que está pedindo, se não abaixar, a minha opinião é de que não renovem. Ele que vá para o Palmeiras, Flamengo, São Paulo, para onde quiser ir. É direito dele. Ninguém tem que ficar bravo. Se ele estivesse mal, estaria tomando pontapé. Ele está no papel dele. Não tem mercenário – afirmou.

O contrato de Guerrero com o Corinthians vale até o dia 15 de julho. O jogador já está livre para assinar um pré-contrato com outro clube. O peruano pediu cerca de R$ 18 milhões de luvas para renovar com o Timão. Andrés deixou claro que a decisão cabe ao atual presidente Roberto de Andrade.

– Não cabe o que estão pedindo. Quem vai decidir é o presidente. ‘Pô, mas ele vai para o Palmeiras’. Que seja feliz. Agradecemos por tudo o que ele fez em campo, o gol do Mundial. Mas também não fez de graça. Ele que vá jogar onde quiser. É minha opinião, e já dei – declarou o ex-presidente.

globoesporte.com

Comentários

comentários