Ana Hickmann chora ao defender cunhado acusado de homicídio doloso

Terra / SF

Apresentadora usou redes sociais para comentar denúncia aceita pela Justiça

Ana Hickmann se pronunciou após a Justiça aceitar a denúncia contra seu cunhado, Gustavo Correa, por homicídio doloso, no atentado de um “fã” contra ela em Belo Horizonte, em maio do ano passado. A apresentadora do “Hoje em Dia”, da Record TV usou o Instagram para defender o empresário e não conseguiu segurar as lágrimas, nesta terça-feira (18).

“Eu prometi que não ia me manifestar com relação à decisão da Justiça, mas tem uma coisa que eu preciso fazer: agradecer aos amigos e aos desconhecidos por todas as mensagens de apoio pro Gustavo. O Gustavo nessa história toda é tão vítima quanto eu. E ele, sim, é o nosso herói”, declarou a apresentadora, que logo depois não conteve o choro e prossegue na defesa do irmão de seu marido, Alexandre Correa.

“Guto, você é meu irmão, meu sócio, meu cunhado, minha família e o grande herói dessa história […] A gente está junto para que der e vier e tudo vai terminar bem, do jeito que tem que ser. Obrigada a todos pelas mensagens de apoio, pelo carinho com o Gustavo. Obrigada do fundo do meu coração”, continuou.

Cunhado de Ana Hickmann critica acusação de homicídio: ‘Lei é absurda’

Em sua rede social, Gustavo Correa recriminou a Justiça brasileira. “Fiz o que tinha que ser feito para salvar minha família e me manter vivo. Meu muito obrigado a todos que estão me dando força e indignados: famosos, anônimos e pessoas que nunca vi na vida. Seja qual for a decisão, enfrentarei de cabeça erguida. Se a lei é absurda, precisamos trabalhar para mudá-la para que a vítima não vire réu”, declarou.

O cunhado de Ana Hickmann, Gustavo Correa (na foto com a esposa) que responderá por homicídio doloso por ter salvo a apresentadora de ‘fã’ que tentou assassiná-la: ‘Lei é absurda’ Foto: AGNews

Comentários

comentários