Ambulância bate em árvore, paciente morre e motorista fica ferido

Julica da Aparecida Rodrigues, 75, morreu após a ambulância da prefeitura de Bonito, em que estava, bater de frente em uma árvore na MS-382. O acidente aconteceu por volta de 21h50 de ontem (31).

O motorista, de 48 anos, foi socorrido com traumatismo craniano e a filha que acompanhava Julica, também de 48 anos, fraturou costelas.

No Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil sobre o fato não consta a circunstância do acidente, nem para onde a idosa que acabou não resistindo aos ferimentos era levada. No cenário da colisão, conforme declarações policiais, observou-se que o veículo Peugeot Boxer havia batido em árvore à margem da rodovia.

O motorista estava no banco da frente com corte na cabeça e inconsciente, a filha de Julica sentada na porta lateral do compartimento de transporte a pacientes reclamando de dores no tórax e a mãe dela caída morta, atrás.

Os dois sobreviventes foram levados à Santa Casa de Campo Grande e o corpo de Julica transladado à cidade de Jardim

Comentários

comentários