Alvo de golpistas, APAE realizará novo bingo

Depois da descoberta de fraude durante o bingo beneficente realizado no dia 07 de setembro em Corumbá, a direção da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) resolveu realizar novo show de prêmios, onde o carro, alvo de golpistas presos, será novamente colocado como prêmio principal e também haverá outros sorteios de valores menores.

Presidente da Apae, Manoel dos Santos anunciou novo show de prêmios em data a definir
Presidente da Apae, Manoel dos Santos anunciou novo show de prêmios em data a defini

 

De acordo com o Diário Corumbaense, o presidente da Apae, Manoel Ferreira dos Santos, disse que as pessoas que apresentarem a cartela adquirida no bingo do dia 07, pagarão R$ 5 se quiserem participar novamente, e aqueles que não apresentarem a cartela antiga, poderão adquirir uma nova no valor de R$ 10.

Manoel explicou que esses valores precisam ser colocados porque no dia 07 de setembro foram sorteados outros prêmios, então não é possível realizar novo evento com premiações, além do carro, sem esse recurso. O dinheiro arrecadado será direcionado para custear aquisição de novos prêmios, publicação e divulgação do evento.

“O que aconteceu não foi culpa da Apae, nem da população, na verdade foram todos lesados pelos meliantes, e faremos esse novo evento para que entreguemos o prêmio que era o objetivo principal para a população de Corumbá e Ladário que nos tem prestigiado”, afirmou Manoel. Ele deixou claro que não haverá devolução de dinheiro. “A culpa não foi da Apae. Aquelas pessoas que adquiriram nossa cartela concorreram também aos outros prêmios que foram sorteados naquele dia”, frisou. O novo show de prêmios ainda não tem data marcada.

CASO

Três homens foram detidos pela Polícia Rodoviária Federal em fiscalização, no posto Guaicurus, na BR-262, próximo a Miranda, depois de serem abordados no final da tarde de terça-feira (08). O trio estava em um carro com placas de Barretos/SP e mentiu para a PRF ao dizer que teria vindo a Corumbá para um leilão de imóveis da Caixa Econômica.

Ao averiguar os nomes dos três homens, a PRF descobriu que um deles já havia sido preso por fraudar bingos beneficentes no País. Depois de verificado o nome do vencedor do bingo da Apae, foi constatado que um deles teria sido o vencedor do maior prêmio, um carro Fiat Palio. Por conta disso, o grupo foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para esclarecimentos.

Chegando à Delegacia, os indivíduos confirmaram a fraude e relataram que já estavam voltando para Barretos porque já haviam previamente acertado a venda do veículo em uma concessionária. Os três iriam dividir o dinheiro da venda do carro, que seria depositado em conta bancária.

O grupo utilizou borracha, tinta a óleo, carimbo, lixa e estilete para falsificar os números na cartela. Os três homens, Hélio de Oliveira, que se passou por “vencedor” do prêmio; Cláudio Roberto de Lima Leite e Claiton Valdomiro Anholeto foram indiciados por tentativa de estelionato e associação criminosa e permanecem presos no 1º Distrito Policial de Corumbá.

Comentários

comentários