Alojamento da base do Corinthians opera em situação irregular

Lancepress/JP

Imagem de obras do CT da base do Corinthians, que ainda está sendo construído (Foto: Divulgação)

O espaço utilizado pelo Corinthians para alojar garotos das categorias de base opera em situação irregular, conforme mostrou reportagem do portal “UOL” publicada nesta quarta-feira. O local, chamado de Casa do Atleta, fica próximo ao Parque São Jorge, na zona leste de São Paulo, e possui uma licença inadequada para o tipo de hospedagem.

Ainda de acordo com a publicação, a licença do local é anterior ao início da ocupação dos atletas, ocorrida em 2017, e não atualizada até o momento. O espaço tem capacidade para 35 jogadores, de 14 a 17 anos, e deveria apresentar adaptações que não eram necessárias para o que funcionava anteriormente, no caso, uma clínica médica.

O Corpo de Bombeiros emite licenças diferentes para os dois casos. Para uma clínica, as exigências são menores, pois não há necessidade de alojamento, onde os jogadores dormem, e por isso precisam de uma segurança muito maior.

Em nota oficial enviada ao portal, o Corinthians admite que o local não está adequado e diz que a situação deve ser resolvida em até dez dias.

“O Sport Club Corinthians Paulista informa que atualmente mantém seus atletas, com idades entre 14 e 17 anos, em uma residência privativa de uso coletivo, próxima ao Parque São Jorge, chamada Casa dos Atletas. A moradia, limitada a 35 adolescentes, passa por algumas adaptações – como a instalação de aspersores de água Splinters – de forma a adequá-la, em 10 dias, à categoria da licença obtida para uso do local. O Centro de Treinamento da Base está em construção e irá disponibilizar todas as instalações necessárias de acordo com as mais rígidas normas de segurança previstas pela legislação brasileira”, informou o Corinthians.

O CT das categorias de base do clube, que servirá para alojamento dos atletas, está em construção ao lado do CT Joaquim Grava, do profissional. As obras estão previstas para serem concluídas no mês de abril, de acordo com o presidente Andrés Sanchez.

Nesta terça-feira, a Prefeitura de São Paulo notificou os clubes da capital de que suspendeu todos os alojamentos que não tenham licença de funcionamento em conformidade com as normas de segurança. Isso fez com que, por exemplo, o São Paulo transferisse a concentração do time, que encara o Talleres (ARG) nesta quarta-feira pela Copa Libertadores, do CT da Barra Funda para o CT de Cotia, da base do clube. Já o Timão mantém a programação para o duelo desta quinta contra o Racing (ARG), pela Copa Sul-Americana. Uma reunião nesta manhã definirá os próximos passos da medida.

A fiscalização mais rígida das autoridades sobre alojamentos ocorre após a tragédia no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo. Na última sexta-feira, um incêndio no local onde o clube alojava jogadores da base matou dez garotos, com idades entre 14 e 16 anos.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui