Alexis Sánchez faz dois, se aproxima de recorde, e Chile derrota o Uruguai de virada

O Chile não fez grande partida, viu o Uruguai começar melhor e abrir o placar aos 16 minutos. Mas o empate marcado por Vargas no último lance do primeiro tempo deu nova vida aos anfitriões, que contaram com a inspiração de Alexis Sánchez na segunda etapa. Aos 15, o atacante do Arsenal deu um belo drible de corpo, um chute perigoso e contou com a ajuda de Muslera para virar o jogo e, aos 30, a categoria e a velocidade garantiram o 3 a 1 para os chilenos, que ainda viram Claudio Bravo defender um pênalti cobrado por Luis Suárez.

chile

FALTA UM

Além de ter garantido a vitória chilena e ter saído ovacionado da partida, Alexis Sánchez está cada vez mais próximo de fazer história com a camisa do Chile. O camisa 7 chegou a 36 gols com La Roja, deixou Ivan Zamorano para trás com 34 e está apenas  um gol atrás de Marcelo Salas como maior artilheiro da história da seleção.

CLASSIFICAÇÃO

Com a vitória, o Chile entra na zona de classificação para a Copa do Mundo, subindo para a quarta posição, com 20 pontos. O Uruguai permanece na segunda colocação, com 23 pontos, agora a quatro de distância do Brasil, que venceu o Peru e chegou aos 27 pontos.

EM 2017

As duas seleções voltam a jogar apenas no ano que vem, com a rodada em 20 de março e dois grandes confrontos. O Chile enfrenta a Argentina fora de casa, e o Uruguai recebe o Brasil.

NÃO PEGA O BRASIL

O Uruguai terá um desfalque importante para enfrentar o Brasil na próxima rodada das eliminatórias. Luis Suárez recebeu cartão amarelo no fim do primeiro tempo e não enfrenta a Seleção em março. Muslera, que levou cartão no fim do jogo, também está fora da partida.

 

Comentários

comentários