Ministro Alexandre de Moraes decidirá futuro de Puccinelli

Michael Franco

O pedido de Habeas Corpus realizado pela defesa do ex-governador André Puccineli, de seu filho André Puccinelli Junior e do advogado João Paulo Calves, caiu nas mãos do ministro Alexandre de Moraes. Um erro ocorrido na semana passada deixava a decisão para o também ministro do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli, após a reordenação, Moraes decidirá se Puccinelli continua preso.

O trio está preso há 20 dias. O ex-governador e o filho estão no Centro de Triagem Anízio Lima, no Jardim Noroeste. Já o advogado João Calves está locado no Presídio Militar de Trânsito, no mesmo bairro.

O caso

A Polícia Federal prendeu o trio após um pedido do Ministério Público Federal em decorrência de provas apreendidas em investigações da Operação Papiros de Lama, 5ª fase da Lama Asfáltica, ocorrida em novembro do ano passado.

Comentários