Alckmin apela para que eleitor vote com reflexão e decisão

Agência Brasil

Ex-governador Geraldo Alckmin, candidato do PSDB à Presidência (Foto: Sebastião Moreira/EFE)

O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, afirmou hoje (6), em Bauru, a 332 quilômetros de São Paulo, que o respeito da democracia é a base dos argumentos. Alckmin disse acreditar que tem chances concretas de chegar ao segundo turno, e o importante é que o eleitor vá às urnas com “reflexão”. Depois de Bauru, Alckmin tem compromissos em São Paulo, capital.

 “Amanhã [7] é o dia da reflexão, da decisão. O grande juiz é o povo. Estamos empatados em terceiro lugar e na briga pelo segundo turno. Vamos aguardar o resultado das urnas”, afirmou o candidato, referindo-se às pesquisas de intenções de voto que o colocam em quarto lugar, ante Ciro Gomes (PDT), na terceira posição e bem atrás de Jair Bolsonaro (PSL), que aparece em primeiro, e Fernando Haddad (PT), em segundo.

Nesta sexta-feira (5), em campanha no Rio de Janeiro, Alckmin ressaltou que a eleição só será definida amanhã. “O que vale mesmo é domingo”.

Realizações

Ex-governador de São Paulo, Alckmin resolveu encerrar a campanha no estado. Segundo ele, a intenção era ir aos 645 municípios paulistas, mas não foi possível. De acordo com o tucano, Bauru, cidade no coração de São Paulo, foi escolhida “para pedir votos e falar de saúde”.

Alckmin ressaltou os projetos desenvolvidos na cidade ao longo de seus governos. “Em Bauru fizemos a Faculdade de Medicina e o AME [Ambulatório Médico de Especialistas]. Queremos levar esse modelo para todo o Brasil. Vamos reabrir os 30 mil leitos do SUS [Sistema Único de Saúde] fechados por falta de verba e reajustar a tabela do sistema, dando um respiro às santas casas e hospitais beneficentes, além de atender melhor à população.”

Nos últimos dias, o candidato do PSDB tem destacado a importância do empreendedorismo e do setor de serviços para a geração de empregos. Também reiterou a necessidade de investimento em infraestrutura para facilitar o transporte de cargas, com foco inclusive nas hidrovias.

Comentários