Aguinaldo Silva planeja aposentadoria: ‘só mais duas novelas’

VEJA/JP

Aguinaldo Silva prepara novela para maio de 2018 na Globo (Foto: Reprodução/Twitter)

Aguinaldo Silva tem planos de se aposentar do universo das novelas. O autor da Globo afirma ao blog VEJA Gente que pretende escrever mais dois folhetins, já previstos em contratos com a emissora carioca – e depois vai se dedicar a trabalhos menos pesados. “Escrever novela não é apenas um trabalho mental – é também físico. A partir de uma certa idade, ficar diante de um computador até dez horas por dia durante oito meses é uma tarefa dolorosa. Acabei de fazer 74 anos”, diz.

O escritor conta que desde sua última novela a ser exibida na Globo, Império, em 2014, sente os efeitos desse esforço. “Já em Império notei, com certo temor, que ao fim de cada dia de trabalho meus pés estavam inchados. Minha mãe costumava dizer que ‘pé inchado é coisa de pobre’, mas esta minha experiência pessoal comprovou que isso não era verdade”, afirma, com seu costumeiro bom humor.

Aguinaldo ainda brinca, afirmando que o que recebe como aposentadoria como jornalista é o suficiente para viver. “Recebo todos os meses do INSS a quantia de 1820,37 reais. Assim, não terei problema em parar de escrever novelas. Já fiz as contas e concluí que dá muito bem para viver com o que já recebo como aposentado.”

Falando sério, ele diz que séries curtas, com no máximo quinze episódios por temporada, podem ser sua próxima tarefa. “Não pretendo parar de escrever – tenho a veleidade de achar que, se o fizesse, ficaria gagá em pouco tempo.” O autor conta que é viciado em seriados, assistindo a dois episódios por dia, em geral. Terminou recentemente a quarta temporada de Ray Donovan, de qualidade comparável a Breaking Bad, segundo ele, e a terceira temporada de Better Call Saul. “Comecei a ver Orange Is the New Black, mas achei o primeiro episódio desta temporada lento e repetitivo”, diz.

Aguinaldo é autor de sucessos como Tieta (1989) e Pedra Sobre Pedra (1992) – ambas ao lado de Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares – e Senhora do Destino (2004), que está sendo reexibida durante as tardes no Vale a Pena Ver de Novo. Seu próximo trabalho na Globo será O Sétimo Guardião, que entra no ar na faixa das 9 em 2018.

Comentários