Agricultor é executado por pistoleiros na fronteira

Mais um crime de execução foi registrado na manhã desta terça-feira (22/10) na região de fronteira entre Brasil e Paraguai, através de Mato Grosso do Sul. Desta vez, o agricultor paraguaio Luis Quiñonez Pavon, 45, acabou assassinado por criminosos.

O fato foi registrado na Colônia Sapucai, distante aproximadamente 90 km de Ponta Porã.

A vítima seguia de carroça até a área de cultivo em sua propriedade quando os dois pistoleiros chegaram de moto e o assassinaram.

Os disparos atingiram o peito, a região lombar e quando caiu foi alvejado com mais três disparos na cabeça, segundo informa o site. A moto preta foi encontrada abandonada perto do local do crime.

O agricultor não tinha antecedentes criminais, segundo a polícia paraguaia.

Comentários