Advogado com sinais de embriaguez é preso por intimidar e desacatar policiais da Capital

Da Redação

Um advogado de 27 anos foi preso na manhã deste domingo (17), em um posto de combustível, bairro no Jardim Leblon, em Campo Grande, por embriaguez, desacato e resistência. A prisão foi feita por volta das 6h por policiais do Batalhão de Choque.

De acordo com informações da polícia, populares fizeram denúncia, informando que no local, onde também funciona uma conveniência, havia várias pessoas consumindo bebidas alcoólica, que pretendiam dirigir embriagadas.

Policiais foram até o local e abordaram o advogado, que apresentou uma carteira da OAB e exigiu que não fosse submetido aos procedimentos policiais. Mesmo depois de alertado de que deveria cumprir as determinações, passou a intimidar os militares, dizendo que conhecia oficiais de alta patente (coronéis) da Polícia Militar.

Conforme os policiais,  o advogado continuou a fazer intimidações e ameaças, mesmo após sucessivos pedidos, até que recebeu voz de prisão por desacato. Ele tentou resistir e os militares tiveram que usar a força para detê-lo. Preso, foi encaminhado para a Depac Piratininga (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário da Piratininga), para responder pela embriaguez, desacato e resistência a prisão.

 

Comentários