Adolescente é apreendido e confessa ter matado mãe com tiro na nuca

Um adolescente de 13 anos confessou ter assassinado com um tiro na nuca a própria mãe, Rosângela Brasil, 33, na manhã de sexta-feira (04) na fazenda Caete, a aproximadamente 45 quilômetros de Coxim.

Menor confessou o crime em Coxim - Foto: Coxim Agora
Menor confessou o crime em Coxim – Foto: Coxim Agora

De acordo com o Coxim Agora, investigadores do SIG (Serviço de Inteligência Geral) chegaram a conclusão de que o menor era o principal suspeito de ter tirado a vida da mãe.

Durante as investigações o menino disse que havia passado um caminhão e que um disparo foi efetuado e atingido a sua mãe, mas que ele não sabia quem poderia ser o autor do crime, além disso, o menor disse que na noite anterior os pais haviam tido uma conversa muito séria a respeito de notas escolares.

Na mesma noite, ele foi até o quarto dos pais, abriu o guarda-roupas pegou a arma e a escondeu, pela manhã seguiu até o ponto de ônibus junto com sua mãe, levando a arma escondida na jaqueta.

Enquanto esperavam o transporte escolar, ambos tiveram uma discussão, momento em que o menor sacou a arma puxou o gatilho e atirou na direção da mãe.

Após perceber que a vítima estava ferida, o adolescente retornou para a fazenda e chamou o pai O.J.J., de 35 anos e os seus familiares, informando que a sua mãe havia levado um tiro.

O homem foi até o local e encontrou a mulher no chão, rapidamente ele a colocou em um veículo e acionou o Corpo de Bombeiros e SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), com quem se encontraram na região da Curva da Rosa, onde porém, foi constatado que já não haviam sinais vitais.

Ainda de acordo com o site, policiais encontraram a arma do crime próximo a uma cerca a 60 metros da casa, e depois mais três espingardas de calibres 0.20 e 0.44 dentro da residência onde a família residia, fato que acabou incriminando por porte ilegal de arma de fogo o pai do adolescente.

Em meio as investigações o menor alterava de humor constantemente, e chegou a negar a autoria do crime mas confessou logo em seguida. Ele foi apreendido e responderá por ato infracional equiparado ao crime de homicídio.

Comentários

comentários