Adolescente deixa bilhete da família antes de se matar

Um adolescente de 15 anos deixou bilhete para a família antes de usar a arma do pai para atirar contra a própria cabeça. O caso ocorreu em Naviraí, região Sul do Estado, no final da tarde de segunda-feira (3/9).

O jovem morava no Setor 2, com a mãe e o pai, policial militar aposentado.

Ele pegou o revólver e efetuou o disparo. O rapaz chegou a ser socorrido com vida até a Santa Casa da cidade e ao ser transferido para Dourados, não resistiu ao ferimento e acabou morrendo durante o caminho.

No bilhete deixado à família, o menor dizia: “foi mal, eu não aguentaria ver meus pais passando vergonha por minha culpa”, porém, não há referência sobre o motivo mencionado pelo rapaz.

A Polícia Civil investiga o caso.

Comentários