Adolescente brasileiro é executado com 30 tiros no Paraguai

O adolescente João Víctor Richena Costa, 17, morador em Rio Brilhante foi morto com aproximadamente 30 tiros na noite de quinta-feira (26). O fato ocorreu em um condomínio fechado na cidade de Salto Del Guairá, no Paraguai, na fronteira com Mundo Novo.

Um jovem brasileiro foi morto a tiros por armas automáticas por volta das 19h na quinta-feira, 26 de junho, dentro de um condomínio fechado nesta cidade. Ele seria o filho de um suposto contrabandista de cigarros.

Conforme o Rio Brilhante em Tempo Real, ele tinha acabado de chegar ao local em uma caminhonete modelo Toyota, Tundra, registrada em nome do pai dele, quando sofreu o atentado. Os disparos, conforme relato policial, eram possivelmente de uma arma automática e a suspeita é de ao menos um homem aguardava o rapaz nas proximidades.

Ainda segundo o site, ele chegou a deitar sobre o banco do passageiro para escapar dos disparos, mas a maioria dos tiros atingiram a cabeça dele.

João teve a maioria dos disparos atingidos em sua cabeça. – Crédito: (Rio Brilhante em Tempo Real)

O condomínio onde ocorreu o crime é totalmente fechado e fica na saída da cidade e às margens do rio Piratiy, na fronteira do Paraguai com o Brasil. A polícia também suspeita de que o criminoso teria entrado no local através do rio em um barco, pelo lado brasileiro da fronteira.

De acordo com o ABC Color este crime seria um acerto de contas, já que seu pai estaria envolvido no contrabando de cigarros e outros negócios de fronteira, segundo fontes policiais. O corpo do jovem foi transferido para o hospital Regional para inspeção dos forenses.

Comentários