Acusado de roubos e estupros é preso na Capital

A Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes de Roubos e Furtos (Derf) apresentou, na manhã desta terça-feira (11), Cleyton da Cruz Nunes, de 31 anos, acusado de ser o autor de quatro roubos na Capital e ter cometido abusos contra mulheres. Ele foi preso em um condomínio residencial onde morava, no bairro Santa Luzia.

O primeiro caso ocorreu no dia quatro de agosto. Uma jovem de 21 anos seguia para a faculdade por volta das 06h30, na rua Abrão Júlio Rahe, quando foi abordada por Cleyton. Ele tentou tirar a roupa da vítima, mas ela reagiu e ele fugiu levando o celular da jovem.

O segundo caso aconteceu no dia sete de agosto, na Avenida Ceará. Cleyton estava passando pela avenida, quando viu um acidente de trânsito. Ele aguardou um dos envolvidos ir embora e abordou a vítima do acidente, uma mulher de 30 anos. Ele se aproximou e a obrigou a entrar no veículo e sentar no banco do passageiro.

11854054_876795329057758_1403065960_n

Ele andou com a vítima no carro por aproximadamente 40 minutos pela região. Ela foi obrigada a tirar a roupa e, a cada parada, ele passava a mão em seu corpo. Na fuga, ele levou o celular da vítima e uma quantia em dinheiro.

No domingo (9), mais duas mulheres foram assaltadas, uma na rua Antônio Maria Coelho e outra na Avenida Afonso Pena. Na ocasião, ele correu atrás das vítimas e roubou as bolsas.

De acordo com o delegado da Derf, Carlos Delano, os investigadores da polícia perceberam a semelhança dos crimes e começaram a investigação, até que chegaram até Cleyton. Ainda de acordo com a polícia, o suspeito utilizava uma motocicleta Biz para cometer os crimes. Ele estacionava a moto próximo aos locais de abordagem.

Cleyton tem passagens por receptação, furto e desacato . Ele foi indiciado por roubo, estupro e tentativa de estupro. Ele alega ser viciado em drogas e que cometeu os roubos, mas nega ter tentado estuprar as vítimas.

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários