Acusado de abusar de filhas comete suicídio dentro de cela de delegacia

Um homem de 42 anos, acusado de abusar sexualmente da filha de nove anos de idade e de uma de 18 quando ainda era criança, cometeu suicídio dentro da cela em que estava preso, no 1º Distrito Policial de Corumbá. O corpo foi encontrado na tarde de ontem (14).

Foto: Gilson de Carvalho
Foto: Gilson de Carvalho

De acordo com informações do site Diário Corumbaense, o acusado estava preso desde o começo da noite de quarta-feira (13). A filha do homem, de 18 anos, começou a desconfiar que o pai estaria abusando da irmã e resolveu dar o flagrante no suspeito. Ela fingiu que estava dormindo e, quando ouviu o pai falando baixo, acendeu as luzes e flagrou o homem em cima da criança com o short abaixado.

O autor correu para a cozinha, pegou uma faca e ameaçou a filha. Ela chamou a Polícia Militar e o suspeito foi preso. A jovem também contou que já havia sido abusada pelo pai quando era criança.

Preso em uma das celas da delegacia, ele cometeu suicídio causado por asfixia. Devido à gravidade do caso, o suspeito estava em uma cela separada dos demais presos.

O suspeito já tinha passagens pela polícia por ameaça e estupro de vulnerável. A mãe das vítimas já é falecida.

Comentários

comentários