Acionistas da concessionária decidem entregar Viracopos e governo deve preparar nova licitação

G1/JP

Saguão de embarque do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (Foto: Reprodução EPTV)

Os acionistas da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos autorizaram, nesta sexta-feira (28), a diretoria a iniciar o processo de entrega da concessão do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), ao governo federal. O anúncio foi feito após uma reunião com representantes da Infraero, na sede administrativa da companhia.

Com o acúmulo de dívidas e até nome sujo no Serasa, a devolução da concessão ao governo federal foi à solução encontrada pelo grupo.

Com a saída da Brasil Viracopos, uma nova licitação deverá ser aberta para ser encontrada uma nova empresa ou grupo financeiro para administrar o aeroporto, informou a concessionária ao G1.

A devolução não seria de forma imediata, segundo a empresa, já que um período de transição precisaria ser respeitado, incluindo a questão das dívidas.

No primeiro semestre deste ano Viracopos registrou 4,7 milhões de passageiros, alta de 3,61% no comparativo com o mesmo período do ano anterior.

Viracopos é um ativo importante para as empresas UTC Engenharia e Triunfo Participações e Investimentos, que possuem 90% do controle privado do terminal e enfrentam processos de recuperação judicial.

Dados obtidos pelo G1 junto ao Serasa mostram que Viracopos está com o nome sujo, com 231 títulos protestados. E tem deixado de arcar com despesas gerais. Há uma duplicata de R$ 309, vencida em 12 de maio deste ano, que não foi paga.

Outro fator que colocou em xeque a permanência da UTC e da Triunfo à frente de Viracopos é a execução do seguro-garantia pela Agência de Nacional de Aviação Civil (Anac) pelo não pagamento da outorga de 2016 (pagamento fixo previsto em contrato, assinado em 2012).

O órgão deu o prazo até dia 1º de agosto para o recebimento de R$ 173 milhões referentes ao vencimento de 11 de julho do ano passado – as parcelas fixa e variável de 2017 também estão em atraso.

Governo preparado

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, afirmou na quinta-feira (27) que o governo está “preparado” para assumir o aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), caso a concessionária, Aeroportos Brasil, devolva a concessão.

O ministro fez a declaração após uma cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, em que foi anunciada para esta sexta (28) a assinatura do contrato de concessão dos aeroportos de Florianópolis, Salvador, Fortaleza e Porto Alegre, leiloados em março.

Comentários

comentários