‘Acertar é uma droga’, diz Simpsons por ‘prever’ eleição de Trump nos EUA

Após “adivinhar” que o empresário Donald Trump se tornaria presidente dos Estados Unidos há 16 anos, a série “The Simpsons” resolveu revisar a “previsão”. Os criadores do desenho animado publicaram uma cena no Twitter para “atualizá-la”.

'Estar certo é uma droga', escreve Bart Simpson, 16 anos após a série The Simpsons prever Trump presidente dos EUA. (Foto: Reprodução/Twitter)
‘Estar certo é uma droga’, escreve Bart Simpson, 16 anos após a série The Simpsons prever Trump presidente dos EUA. (Foto: Reprodução/Twitter)

Na mensagem publicada na noite deste domingo (13), Bart Simpson aparece escrevendo em um quadro negro, uma das cenas clássicas da abertura da série.

A frase escrita por ele diz respeito ao que a série anteviu em 2000: “Acertar é uma droga”.

Exibido em março de 2000, o episódio “Bart to The Future” mostra Lisa Simpson se torna presidente dos EUA após o mandato de Donald Trump e afirma que “herdou uma grande dívida” e que “o país estava quebrado”

O roteirista da história Dan Greaney disse ao site “The Hollywood Reporter” em março de 2016, quando Trump ainda estava em campanha, que a fala de Lisa era “um aviso para os EUA”. “Parecia lógico que essa seria a última parada antes de atingir o fundo do poço. Foi colocado no episódio porque combinava com a visão de que os EUA estavam ficando loucos”, afirmou.

Durante campanha
Em 2015, outro episódio dos Simpsons brincou com a candidatura de Donald Trump, após o empresário anunciá-la. Em “Trumptastic Voyage”, o personagem Homer Simpson é “agarrado” pelo cabelo do republicano ao descer junto com ele a escada rolante da Trump Tower e “vê” o que o empresário pensa.

Comentários

comentários