Ação conjunta prende quadrilha e apreende contrabando de 300 mil pacotes de cigarros

Policiais militares ambientais do Rio Negro realizavam patrulhamento ambiental na rodovia MS-080, hoje (23) por volta das 11h e apreenderam três carretas carregadas com cigarros contrabandeados do Paraguai em cada uma delas.

Flagrante ocorreu durante trabalho conjunto da PM e PMA - Fotos: Divulgação
Flagrante ocorreu durante trabalho conjunto da PM e PMA – Fotos: Divulgação

Os policiais suspeitaram de dois veículos tractor, com semi-reboques bitrem e, para que não houvesse fuga dos contrabandistas durante a abordagem, seguiram de longe, avisando à Polícia Militar de Rio Negro, para abordarem juntos os veículos.

Na entrada da cidade, as duas carretas foram abordadas pela PMA e PM e se verificou que havia cigarros contrabandeados na carga.

Os caminhoneiros, de 26 e 27 anos, residentes em Eldorado, receberam voz de prisão. Durante a apreensão, apareceu um homem, de 21 anos, também residente em Eldorado, em um veículo Fiat Siena, identificando-se como responsável pelas cargas. Ele também recebeu voz de prisão.

Enquanto as equipes, agora com reforços de Policiais Militares Ambientais de Campo Grande, deslocavam-se para a Capital, para a realização dos autos de prisão em flagrante dos criminosos, com o material apreendido, suspeitaram de outro caminhão com bitrem e, ao abordarem, apreenderam outra carga de cigarro.

O caminhoneiro, residente em Eldorado, também foi preso. Os condutores dos caminhões informaram que deixariam as carretas em um posto de combustível em São Gabriel do Oeste.

Cada carreta continha aproximadamente 2.000 caixas de cigarros, totalizando 300 mil pacotes. Ainda foram apreendidos, juntamente com os veículos, R$ 1.890,00, R$ 5.055,00 e dois aparelhos de celulares, que estavam com os caminhoneiros e R$ 360,00 que estavam com o contrabandista do Fiat Siena, veículo, que também foi apreendido.

Os quatro contrabandistas foram encaminhados, juntamente com o material apreendido, à Delegacia de Polícia Federal de Campo Grande, onde os criminosos serão autuados em flagrante, por crime de contrabando.

Comentários

comentários