Acadêmicos expõem empresas criadas dentro de Universidades

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) estão com um estande na 51° Expoagro para mostrar os trabalhos desenvolvidos dentro das suas empresas “Juniors”. Ao todo são cinco cursos: zootecnia e as engenharias de energia, mecânica, de alimentos, agrícola, ambiental e relações internacionais expondo os trabalhos e projetos dos estudantes.

Essa é a primeira vez que as universidades participam da feira com um estande  (Foto: Divulgação assessoria)
Essa é a primeira vez que as universidades participam da feira com um estande
(Foto: Divulgação assessoria)

Essas empresas criadas dentro da universidade, segundo o professor do curso de engenharia agrícola, Natanael Taketo Yamamoto é uma forma de aproximar o aluno do cotidiano de uma empresa real e dessa maneira treiná-lo para os desafios que terá pela frente depois de formado. “Cada empresa tem o seu CNPJ e a divisão interna funciona como uma empresa de verdade, com diretor, gerente, funcionário, técnicos e outras funções que estão relacionadas a cada curso”, diz Yamamoto.

Ele também lembra do projeto Baja de engenharia mecânica da UFGD, no qual os alunos desenvolvem trabalhos para competirem com o curso de outras universidades. Essa competição é organizada pela SAE (Sociedade de Engenharia da Mobilidade). “Além da modalidade nacional há também a competição internacional. Os alunos desenvolvem projetos e se inscrevem para a competição com outras instituições do Brasil e também de outros países”, diz o professor.

Essa é a primeira vez que as universidades participam da feira com um estande. Foi um espaço concedido pelo Sindicato Rural em apoio aos projetos dos estudantes e um espaço para que cada curso mostre os seus trabalhos e inovações para auxiliar as atividades do campo.

Comentários

comentários