A pedido da Conmebol, Seleção terá só duas sedes fixas nas Eliminatórias

Como determinação da Conmebol, pode ser que Dunga não comande o Brasil em grandes cidades, como Porto Alegre (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)
Como determinação da Conmebol, pode ser que Dunga não comande o Brasil em grandes cidades, como Porto Alegre (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)

O planejamento de viagens nacionais da Seleção Brasileira nas Eliminatórias para a Copa-2018 será diferente dos anteriores. É que, a pedido da Conmebol aos países sul-americanos, a CBF terá que apontar duas sedes fixas para disputar as partidas da fase de classificação do Mundial.

Com isso, a equipe de Dunga não poderá peregrinar pelo país para fazer partidas oficiais nos próximos anos. A informação foi dada inicialmente por um membro da cúpula da entidade.

Pela proximidade à Granja Comary, o Rio de Janeiro já desponta como um favorito natural. A cidade tem dois estádios capazes de receber jogos grandes: Maracanã e Engenhão. São Paulo, pela relação do presidente Marco Polo Del Nero com a cidade, é a outra candidata de imediato.

O Allianz Parque recebeu amistoso recente contra o México e a Arena Corinthians foi palco da abertura da Copa do Mundo.

A tabela das Eliminatórias só será revelada em 25 de julho, em evento da Fifa em São Petersburgo, na Rússia.

LANCEPRESS!

 

Comentários

comentários