5º arrastão é registrado no Parque das Nações com dezena de vitimas

park_genteO perigo se instalou mesmo no Parque das Nações ou na rua em frente de alguns portões do local. É o que podemos avaliar e infelizmente ‘alardear’ noticia para possíveis prevenções da população em geral, para que não seja vitima de assaltos em arrastão que vem ocorrendo no local. Neste domingo (25), pelo menos dez pessoas sofreram roubos, ao passarem pelo quinto arrastão realizado no Parque, em pouco mais de um mês. O número é, ao menos, o que já foi registrado na polícia e que o Página Brazil já noticiou, como em casos que também já aconteceu no interior da reserva, e, outro saindo do espaço, que teve dois esfaqueados. Estes casos foram relacionados a grande aglomeração e distração com a ‘febre’ dos adolescentes pela caça do Pokemon.

O caso de ontem, ocorreu mais a noite, por volta das 20 horas, onde vitimou oito pessoas na entrada principal que fica na Avenida Afonso Pena. As vitimas foram atacadas por um grupo de seis adolescentes, armados com uma faca. A polícia foi chamada e apenas dois garotos, de 16 anos, foram apreendidos, mas já longe do Parque, próximo ao terminal de ônibus General Osório, saída para Cuiabá.

O relato de duas das vítimas, um casal de 19 anos, apontou de acordo com a polícia, que estavam entrando no parque, quando foram abordadas pelos adolescentes. O rapaz disse que um dos garotos estava armado com uma faca e o obrigou a entregar celular e carteira. A moça que estava com ele também teve que passar tudo que tinha aos bandidos. Mesmo depois dos objetos serem entregues, uma das vítimas disse que foi agredida com tapas e uma “gravata”.

Outras seis pessoas relataram roubos a polícia, que foi até o local, mas não encontrou os adolescentes. Ação policial pela rua, por suspeita ou coincidência os policiais localizaram dois garotos próximo ao terminal General Osório. A polícia abordou os jovens, que ao serem revistados, foram flagrados com uma faca, quatro celulares e dinheiro. Eles não souberam explicar onde conseguiram os objetos.

Reconhecidos na Delegacia

A dupla foi apreendida e encaminhada a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, onde acabaram reconhecidos pelas vítimas. Os dois menores de idade irão responder por roubo com emprego de arma branca (faca).

Comentários

comentários