2º Fórum da Nova Pecuária do MS é realizado em Campo Grande

Nos dias 27 e 28 de abril, a partir das 08h, a Embrapa Pantanal e a Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul) irão realizar o 2º Fórum da Nova Pecuária do Mato Grosso do Sul. A iniciativa, que conta com o apoio de diversas entidades do setor e várias unidades da Embrapa, irá acontecer durante a 77ª Expogrande, no Tatersal de Elite 2 do parque de exposições Laucídio Coelho. No evento, serão oferecidas palestras e mesas-redondas sobre temas relevantes para a produção pecuária no estado. A entrada é gratuita.

Reunindo as vozes de produtores, empresários e pesquisadores, o fórum promove a troca de experiências e demandas entre eles, segundo Luiz Orcírio Fialho – pesquisador da Embrapa Pantanal e um dos coordenadores da iniciativa. “Os temas discutidos no fórum abordam a produção de leite, pecuária intensiva, produção de novilho precoce, índices zootécnicos nas atividades de cria e de engorda, sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e também os efeitos da castração do bovino do ponto de vista técnico, comercial e de mercado”.

Além das palestras, as mesas-redondas devem debater os caminhos da pesquisa em pecuária no estado. “É importante que a pesquisa vá até o produtor e que o produtor responda sobre a aplicação desses estudos, apresentando novas demandas”. Ainda de acordo com Orcírio, discussões como essas ajudam a viabilizar formas de aliar a produtividade à sustentabilidade na pecuária. “À medida em que se melhora a eficiência no uso do solo, a produtividade aumenta e os impactos na produção do alimento diminuem”, diz o pesquisador. “Dessa forma, podemos ter resultado e sobreviver em um ambiente cada vez mais competitivo”.

Confira abaixo a programação do 2º Fórum da Nova Pecuária do MS:

Dia 27 de abril (2ª feira)

Inscrições: 8h – 8h30

Tema 1 – Produção associada de Leite e de Bezerros para Engorda

Produtor João Soler (Fazenda Duas Gazelas): 8h30 – 8h50

Pesquisador da Embrapa Gado de Leite: 8h50 – 9h10

Tema 2 – Índices de produtividade e eficiência zootécnica no Pantanal

Produtor Gabriel Medeiros (Fazenda Livramento ): 9h10 – 9h30

Pesquisador Urbano G. P. Abreu (Embrapa Pantanal): 9h30 – 9h50

Coffee break: 9h50 – 10h10

Tema 3 – Produção pecuária intensiva em fazendas integradas

Produtor Mario Ubirajara Hofke Junior (Marca Âncora): 10h10 – 10h30

Pesquisador Ériklis Nogueira (Embrapa Pantanal): 10h30 – 10h50

Tema 4 – Todas as fases da produção de Novilho Precoce

Produtora Jussara Negrão (Fazenda Cedron): 10h50 – 11h10

Pesquisador Rodrigo Gomes (Embrapa Gado de Corte): 11h10 – 11h30

Dia 28 de abril

Tema 5 – Produção de Novilho Precoce em Sistema de Integração Lavoura e Pecuária

Produtor Nédson Rodrigues (Fazenda Cachoeirão): 8h30 – 8h50

Pesquisador da Embrapa Dourados: 8h50 – 9h10

Tema 6 – Efeitos econômicos, comerciais e técnicos da castração de bovinos

Técnico de produção Klauss Machareth (Novilho Precoce): 9h10 – 9h30

Técnico de indústria Eduardo Pedroso (Frigorífico JBS): 9h30 – 9h50

Coffee break: 9h50 – 10h10

Tema 7 – Mesas-redondas: Caminhos para a Pesquisa e Pecuária em MS

Mesa 1 – Demandas da produção de Leite: 10h10 – 10h50

Participantes: Aurora Real (Núcleo Girolando/Acrissul); representante do SENAR; representante da Secretaria de Produção; representante da Embrapa Dourados

Debate – 20 minutos

Mesa 2 – Demandas da produção no Pantanal: 10h50 – 11h30

Participantes: Rafael Gratão (MNP); Leonardo de Barros (ABPO); André Lima (UNIPAN); Representante da Embrapa Pantanal

Debate – 20 minutos

Mesa 3 – Demandas da Pecuária de Corte: 11h30 – 12h10

Participantes: Carlos Furlan (Novilho Precoce); representante da FAMASUL; Eduardo Pedroso (JBS); representante da Embrapa Gado de Corte

Debate – 20 minutos

Comentários

comentários