Bombeiro é arrastado por condutor de veículo em tentativa de fuga

Sargento Nunes Nóia não ficou ferido – Foto: Internet

O sargento Nunes Nóia foi arrastado por aproximadamente 150 metros neste domingo (5), por um homem de 27 anos que foi flagrado transportando duas crianças sem cintos de segurança na avenida Costa e Silva, próximo da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande.

O sargento conduzia uma UR (Unidade de Resgate) do Corpo de Bombeiros, quando reparou que o motorista do Gol placa KMH-1242, de Jaraguari, conduzido por Carlino Feitosa, transportava duas crianças sem cintos no carro, uma delas no banco da frente.

Ao abordar o veículo no semáforo do cruzamento da avenida Fábio Zahran (Via Morena) com avenida Costa e Silva, o bombeiro se abaixou para falar com o condutor, que arrancou tentando fugir, furando o sinal. O sargento estava apoiado na janela e acabou arrastado pelo veículo por aproximadamente 150 metros. O veículo só parou porque outros bombeiros militares fecharam a passagem com uma viatura. O bombeiro não ficou ferido.

Depois da detenção do condutor já havia perdido a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) por direção perigosa. Ele ainda tinha ainda passagens por furto e desacato. O condutor, as crianças e o veículos foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), para o registro do boletim de ocorrência.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários