Zico diz que vai concorrer à Fifa e pede mudança nas regras das eleições

Galinho reitera seu desejo em ser o presidente da entidade, mas quer mudar as “regras do jogo”

Rio – Candidato a presidência da Fifa, Zico bradou contra a corrupção na entidade. O Galinho de Quintino cobrou uma eleição mais transparente e quer mudanças no pleito da entidade.

“Não conversei com ninguém. Eu sou contra essa forma de ter que ser indicado por cinco federações. Acho que pode começar daí uma corrupção ou troca de favores. A eleição tem que ser feita por intermédio dos seus serviços prestados ao futebol”, disse Zico que garantiu que não irá se candidatar se o processo eleitoral for mantido.

Zico será candidato a presidência da Fifa Foto:  Márcio Mercante
Zico será candidato a presidência da Fifa
Foto: Márcio Mercante

O eterno camisa 10 da Gávea não descartou uma composição de chapa com o francês Michel Platini, presidente da Uefa, mas disse achar cedo ainda.

“Tudo é possível, tive com ele, está muito bem na Uefa e ainda não se decidiu se sairá candidato. Ninguém vai decidir sem saber as regras do jogo. Vai ter comitê da Fifa pra decidir. Tem que saber os q tem vontade, ouvimos muitos nomes da Coreia, Portugal, Itália, França, e o rei da Jordânia.

Sobre as denúncias de compra de votos para Catar e Rússia^se tornarem sede dos Mundiais de 18 e 22, Zico defendeu nova eleição, caso comprovada as irregularidades.

“Se ficarem comprovadas as responsabilidades tem que parar tudo e fazer uma nova escolha. Tem que saber se a indicação foi legal ou não. Se teve corrupção, não tem outra alternativa se não uma outra escolha a ser feita com lisura”

Comentários

comentários