Wilson Martins será homenageado pela Assembleia Legislativa na segunda-feira

Jackson Nogueira

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul prestará homenagem na próxima segunda-feira ao ex-governador de Mato Grosso do Sul, Wilson Barbosa Martins, que completou nesta quarta-feira (21), 100 anos.

Ex-governador Wilson Martins (Foto: Divulçgação )

Advogado, com profunda experiência política, como ex-prefeito de Campo Grande, duas vezes governador do Estado, deputado federal e senador da República, Dr. Wilson, como é chamado, será homenageado pela Casa em cerimônia marcada para às 19h30.

Sua vida política começou na faculdade de Direito no Largo São Francisco, em São Paulo, na década de 30. Na época, se posicionou contra o Estado Novo. Ao fim da ditadura, já em Campo Grande, ajudou a fundar a UDN. Por este partido, disputou pela primeira vez o cargo de prefeito de Campo Grande, mas perdeu para Ari Coelho.

Ocupou o cargo de secretário-geral na gestão do prefeito Fernando Corrêa da Costa e, em 1958, foi eleito prefeito de Campo Grande. A gestão foi marcada pela reforma administrativa, organização do cadastro imobiliário e da cobrança dos tributos e na implantação da previdência social.

O êxito administrativo o habilitou para disputar o cargo de deputado federal e foi eleito. Em Brasília, participou da crise causada pela renúncia do cargo de presidente da República por Jânio Quadros e também acompanhou o debate sobre as reformas propostas por João Goulart.

Após o golpe militar, Dr. Wilson foi cassado pelos militares e resolveu se dedicar à advocacia. Ao final dos anos 70, retomou a vida política, com a criação de Mato Grosso do Sul. Ele foi o primeiro governador eleito pelo voto direto no Estado.

Em 1986, ele se lançou candidato ao Senado da República. Neste período, ajudou na elaboração da Constituinte, ao lado de Ulisses Guimarães e Mário Covas. De 1995 a 1998, assumiu o segundo mandato como governador de Mato Grosso do Sul. Com informações do portal  ALMS.

Comentários

comentários