Vizinho matou taxista a facadas por dívida de R$ 9 mil

O acusado de ter matado o taxista Josâ Mota de Oliveira, 44 anos, nessa segunda-feira (28), em um assentamento em Sidrolândia, foi preso na noite de ontem após uma denúncia anônima. Anildo Rodrigues, 55 anos, é vizinho da vítima e confessou o crime.

Segundo informações do site Região News, Anildo contou para a polícia que matou Josâ por causa de uma dívida de R$ 9 mil. Ele teria ido até a casa da vítima cobrar a dívida, mas eles acabaram entrando em luta corporal. Com uma faca, o acusado esfaqueou Josâ.

Foto: Marcos Tomé/ Região News
                                                   Foto: Marcos Tomé/ Região News

A vítima, que era taxista, tentou fugir, mas acabou morrendo dentro do táxi.

A princípio, a informação era de que Josâ havia sido morto a tiros em uma tentativa de latrocínio.

Comentários

comentários