VÍDEO: Paraquedista sobrevive a queda após amigo o pegar no ar durante exibição

Uma apresentação do exército britânico por pouco não acaba em tragédia nesta sexta-feira. Um paraquedista teve a sorte de escapar de um grave acidente depois que seu paraquedas não abriu durante uma exibição no Whitehaven Air Show, na costa do condado de Cumbria, no norte da Inglaterra. Seu companheiro de equipe conseguiu pegá-lo no ar e levá-lo em segurança para a terra. Filmagens e imagens que circulam nas redes sociais mostram o soldado descendo junto com seu colega.

Os paraquedistas também são conhecidos como Diabo Vermelho. Horas após o show, na página oficial do evento no Facebook, foi postada uma mensagem dizendo que os dois paraquedistas estavam bem.

“Nós podemos confirmar que os paraquedistas do diabo vermelho estão sãos e salvos. Pela primeira vez, em 25 anos, que um paraquedas falha”.

Os organizadores ainda elogiaram a equipe de salvamento que se encontrava em terra.

“Um membro pegou seu companheiro de equipe e o trouxe para Queens Dock (nome do lugar). Nossos procedimentos de segurança funcionaram perfeitamente e um enorme obrigado a Whitehaven Marina (empresa) por trazê-los para fora da água tão rapidamente”.

Equipe faz mais de 60 apresentações no ano Foto: Chris Gurney / Whitehaven Air Show
Equipe faz mais de 60 apresentações no ano Foto: Chris Gurney / Whitehaven Air Show

A equipe Red Devils (diabos vermelho, em tradução livre) foi formada em 1963 e realiza mais de 60 exposições a cada ano, de acordo com seu site. Atualmente, é composto por 12 soldados servindo a partir dos três batalhões do regimento de paraquedas britânico, os quais têm de ter pelo menos três anos de experiência.

O principal executivo do Festival de Whitehaven, Gerard Richardson, também ressaltou a habilidade dos soldados, em entrevista para a BBC de Londres:

“Tem que ser salientado que a habilidade e raciocínio legal de ambos os membros da equipe para, em seguida, conseguirem orientar a segurança foi incrível. É uma prova da formação e da habilidade das forças britânicas e estamos apenas felizes que, apesar do drama, tivemos um final feliz”.

Já a espectadora Lucy Milne, também em entrevista para a BBC londrina, relatou o pânico no momento da exibição.

“De repente, ele só começou a cair muito rápido e todo mundo estava segurando a respiração e, em seguida, de repente, eles estavam na água. Todo mundo estava olhando para a água à espera deles aparecerem e, em seguida, quando finalmente eles apareceram todos aplaudiram”.

Comentários

comentários