Vídeo: Candidato a prefeitura de Curitiba disse que quase vomitou com cheiro de pobre

O candidato à Prefeitura de Curitiba Rafael Greca (PMN) deu uma declaração preconceituosa na noite desta quinta-feira (22). Questionado sobre quais seriam suas propostas para a população em situação de rua, ele disparou: “eu nunca cuidei dos pobres. Eu não sou São Francisco de Assis. Até porque a primeira vez que tentei carregar um pobre, e pôr dentro do meu carro, eu vomitei por causa do cheiro”.

A fala que gerou repercussão veio logo após ele lembrar que coordenou, durante 20 anos, a Casa dos Pobres São João Batista, na capital paranaense. Prefeito da cidade entre 1993 e 1997, o político do PMN é hoje líder disparado nas pesquisas.

Outro lado

Procurada pela imprensa, a assessoria de Greca enviou uma nota na qual ele pede perdão pelas palavras. “Não tive a capacidade de explicar a dificuldade que vivi ao tentar realizar o trabalho de resgate social na minha juventude. Mais uma vez, descontextualizam o que falo para tentar enganar as pessoas. Ontem, durante a Sabatina na PUC, ao exaltar o difícil trabalho dos educadores sociais e das irmãs de caridade, comentei sobre o quão difícil é essa missão. Com sinceridade disse que não tenho a capacidade desses profissionais para o resgate, mas que acima de tudo, admiro, respeito, faço e farei o possível e impossível para mudar o quadro de abandono nas ruas. Peço que me perdoem pela falta de clareza do discurso. Não me interpretem mal” (TERRA)

Comentários

comentários