Vereadora denuncia na delegacia da Mulher colega que 'passou a mão'

A vereadora Virginia Magrini (PP) procurou a Delegacia da Mulher na tarde desta terça-feira para prestar queixa contra o vereador Maurício Lemes (PSB). Ela diz que Lemes passou a mão em suas nádegas por duas vezes, mas ele nega e declara ter apenas cutucado as costas de Virginia.

Virginia prestou queixa na delegacia da mulher Foto: Sidnei Lemos
Virginia prestou queixa na delegacia da mulher Foto: Sidnei Lemos

Conforme Boletim de ocorrência, o caso teria ocorrido após o término da sessão solene na Câmara Municipal de Dourados na noite de segunda-feira (8). À delegada Rozeli Galego, Virginia disse que todos os vereadores estavam posicionados para tirar foto quando Maurício teria passado a mão em suas nádegas.

A vereadora pediu, então, para Maurício parar, porém teria ficado em dúvida, acreditando que o autor seria outro vereador, que negou e disse que sabia quem teria feito o ato, informou Virginia no boletim de ocorrência.

O ato voltou a se repetir em seguida e Virginia disse que procurou o presidente da Câmara, Idenor Machado (DEM), para reclamar, mas Idenor alegou não ter entendido a situação e não tomou providências.

Na delegacia a ocorrência foi registrada como “Importunação Ofensiva ao Pudor”, que é quando alguém é importunado em lúgar público ou acessível ao público, de modo ofensivo ao pudor. Cabe multa ao infrator da ação.

A delegada irá agora abrir um inquérito, ouvir testemunhas e solicitar imagens internas da Câmara. Virginia, em seu depoimento, informou que suas assessoras presenciaram o caso, bem como alguns vereadores. A Comissão de Ética da Câmara também irá apurar o suposto assédio.

Cutucada

Procurado pelo Dourados Agora, o vereador Mauricio Lemes disse que tudo não passou de um mal entendido e que apenas teria cutucado as costas de Virginia Magrini.

“Como a gente brinca com um vereador ou outro, cutuquei a vereadora Virginia nas costas, mas sem conotação sexual, longe da região glútea, uma coisa muito tranquila”, declarou Lemes.

O vereador disse ainda que percebeu que Virginia não gostou, pediu desculpas e que “infelizmente a vereadora interpretou mal”.

Com Informações Dourados Agora

Comentários

comentários