Vereador diz que vai continuar sendo do PT e trabalhando para melhorar à imagem do partido

Em entrevista ao programa Tribuna Livre, da Capital FM, e ao portal Página Brazil, o vereador do PT, Airton Araújo fez um balanço de seu quase três anos de atuação parlamentar. Araújo lamentou que das mais de mil sugestões de ações feitas à administração municipal, poucas tenham sido acolhidas pela prefeitura, durante o período, em que se alternaram na cadeira do Executivo Municipal, Alcides Bernal e Gilmar Olarte.

Foto Silvio Ferreira
Foto Silvio Ferreira

Sobre a nova fase do prefeito reconduzido ao cargo, Alcides Bernal e a constituição de sua base de apoio, o vereador lamentou o fato de que “até o momento, o prefeito do PP não tenha buscado dialogar com os vereadores do partido, que o apoiaram em seu primeiro momento frente à prefeitura, que se mantiveram na oposição à Olarte, e que desde sua recondução à prefeitura, manifestaram o interesse de compor com a gestão de Bernal, mas até agora foram mantindos à parte da formação do secretariado. Independentemente de qualquer convite para fazer parte da gestão municipal, o PT vai continuar votando a favor do que o prefeito propor, que for de interesse para Campo Grande.” E ainda apostou: “Ainda dá tempo de integrarmos à base do prefeito.”

E sobre a sua atuação específica como vereador – em um contexto em que o país atravessa uma grave crise após 13 anos de governo petista -, Araújo declarou: “Eu sou do PT, vou continuar trabalhando para melhorar à imagem do partido junto aos nossos eleitores, mantendo um trabalho sério e de compromisso com as bases.” E finalizou: “Eu vou continuar sendo do partido, trabalhando para não decepcionar os meus eleitores.”

Silvio Ferreira

Comentários

comentários