Verdão busca o 100º gol contra uma de suas maiores vítimas no Allianz

Palmeiras tem 98 gols marcados em 52 partidas e agora enfrentará o Santos, derrotado três vezes na arena. Time marca, em média, pelo menos duas vezes por jogo em casa no BR-16

O Palmeiras pode chegar nesta terça-feira ao seu centésimo gol no Allianz Parque. O time já balançou a rede da arena em 98 ocasiões (49 no Gol Norte e 49 no Gol Sul) e tem boas chances de atingir o feito, caso mantenha sua média como mandante no Brasileirão. Para ajudar, vai receber o Santos, uma das maiores vítimas no novo Palestra Itália.

100% em casa no BR-16: sete vitórias (seis no Allianz) (Foto: Cesar Greco) Palmeiras Figueirense foi a última vítima: 4 a 0 (Foto: Ale Cabral)
Figueirense foi a última vítima: 4 a 0 (Foto: Ale Cabral)

Nos seis jogos que realizou no Allianz pelo Brasileiro, o time fez 16 gols (2,6 por partida). O número é bem elevado, levando em consideração que algumas equipes não atingiram esta quantidade em todo o Brasileiro – entre eles, Flamengo (15), São Paulo (15) e Internacional (13), todos postulantes ao G4.

Impecável como mandante, o Palmeiras não terá no clássico o goleador do Brasileiro, Gabriel Jesus, suspenso, nem Róger Guedes, outro destaque do ataque palmeirense que levou o terceiro cartão amarelo. Dudu, em compensação, volta e pode chegar (ou até passar) os 11 gols de Cristaldo, artilheiro do Allianz Parque. Ele e Gabriel Jesus têm dez cada um.

Entre esses dez de Dudu, dois saíram contra o Santos, no principal jogo da curta história da arena, a final da Copa do Brasil de 2015. Aquela foi a terceira derrota do Peixe no estádio do Verdão – o retrospecto melhorou um pouco em 2016, com o empate em 0 a 0 no Campeonato Paulista.

O Alvinegro da Baixada e o Fluminense foram os times que mais vezes perderam no Allianz Parque, três cada um. O Flu, contudo, jogou menos, três vezes, e o Santos, quatro – recorde entre os visitantes.

Vencer mais uma vez o rival em casa tornou-se ainda mais importante depois do início da rodada. O Corinthians igualou o Verdão em pontos e o Grêmio venceu o Figueirense já nos acréscimos. Se bater o Peixe, o Verdão voltará a colocar três pontos de vantagem para o vice-líder e oito para o G4. De quebra, ainda afastará o adversário da ponta. A distância entre eles, hoje de seis pontos, chegaria a nove com triunfo alviverde.

A torcida, pelo menos, está fazendo sua parte. Mais de 33 mil pessoas vão à arena para apoiar o líder do Brasileiro. Assistirão ao 100º gol?

MAL COM MARCELO, 100% COM CUCA:

O Palmeiras tem 73,8% de aproveitamento jogando no Allianz Parque em 2016. Os números contrastam com o péssimo início em casa com Marcelo Oliveira. Nesta temporada, o atual comandante do Galo conseguiu só 38% dos pontos no Palestra. Cuca segue com 100%. Marcelo fez seis jogos na arena em 2016: duas vitórias (Rosario Central e Capivariano), um empate (Santos) e três derrotas (Linense, Ferroviária e Nacional, do Uruguai). Foram nove gols marcados e sete sofridos.

Com o atual comandante, são oito vitórias em oito jogos, com 22 gols marcados e apenas um sofrido, entre Paulista, Libertadores e Brasileiro. No Nacional, o Verdão é o melhor mandante, com sete triunfos em sete jogos – um deles foi no Pacaembu. (Lancepress!)

Comentários

comentários