Vendas do Dia das Mães cresceram apenas 1,55% em 2015

A segunda data em vendas para o comércio, Dia das Mães teve resultado fraco e frustrou lojistas de Campo Grande. Segundo dados divulgados nesta segunda-feira (11) pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), houve aumento de apenas 1,55% nas vendas em comparação ao mesmo período do ano passado. A expectativa, já moderada diante da crise econômica, era de pelo menos 2%.

“Muitos consumidores pagaram o presente à vista, como previa a pesquisa de intenção de compra. Conversando com os empresários, percebemos que isso se confirmou e as vendas foram moderadas”, avaliou o presidente da entidade, João Carlos Polidoro.

Outro fator que influencia este resultado tímido é a aceleração da inflação que afeta diretamente o bolso dos consumidores, tornando-os mais moderados na hora de comprar. A pesquisa de intenção de compra promovida pela ACICG revelava que a maioria, 47,6%, iria gastar entre R$ 51 e R$ 100; e 28,2% dos entrevistados pretendiam investir de R$ 101 a R$ 200, o que representa presentes de menor valor.

A próxima data comemorativa que deve movimentar o comércio de Campo Grande é o Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho.

Comentários

comentários